81- PLEGARIA AL SEÑOR POR MI DIVINO BRASIL

 Maria Alobrasil

 

BASTA NO DISPAREN....NO DISPAREN----

LOS NIÑOS LLORAN..

LA VIDA ESTA ACA..........

BASTA QUE ESTAMOS VIVOS......

DEJAMOS TODO...

 

BASTA DE DELIRIOS , OBSENIDADES

NO DEN CONTRA EL INOCENTE....NO GOLPEEN MAS

LAS PUERTAS DEL CIELO..PARECEN CERRADAS

Y LOS MUERTOS..NO LLEGAN A DIOS

 

BASTA DE GOLPEAR ESTA HERMOSA TIERRA

QUE MUCHOS AMAMOS...

BASTA DE GOLPEARLOS..

BASTA DE TERROR..

NO SE OLVIDEN....

QUE LA VIDA...ES ESTA.

Y ESTA EN LA TIERRA

LA OTRA VIDA..ESTA EN EL CIELO

A MIS AMIGOS LES FALTA MUCHO...

BASTA POR FAVOR
PARENNNNNNN

 

 

82-NO TEATRO DA POLÍTICA

 

Mário Osny Rosa

 

As peças do teatro.

Tudo que vão narrar

Nesse grande relato.

 

São mais do que os fatos

De tudo que aconteceu.

Que o povo não esqueceu

Pensando que são patos?

 

Que o povo seja sincero

Não aceite fogo e ferro.

Se livre desse mistério

Para salvar o hemisfério.

 

Que não seja um assistente

Mas que logo se movimente.

Nem escute os tais videntes

Que jamais serão coerentes.

 

Procure realmente bom ator

Que lutando com muito amor.

Governe esse país promissor

Que vive sofrendo grande dor.
SÃO JOSÉ /SC

 

 

83 -  MEU GRITO 

Vyrena

 

A meu grito

sufocado no peito

darei liberdade de qualquer jeito.

Sairei pelas ruas,

recrutando amigos,

para protestar comigo

contra as barbáries,

que em minha Pátria amada

estão aprontando.

 

Ah... que me dera

 voltar ao tempo

em que tudo era calmaria!

Às ruas, se saía

sem medo de nada,

percorria-se a estrada,

sem com a violência topar.

 

Vou soltar meu grito

e tenho confiança

que, um dia, a antiga paz,

em nosso Brasil,

fará seu ninho

para ficar!

 

 

84-  SOMOS TODOS BRASILEIROS

®Rick Steindorfer

 

Há um certo desespero no ar

uma certa tristeza, certamente

um receio insano de se entregar

e fazer Sua Vontade somente.

 

O homem desconhece o seu poder

e não se entrega à vontade do todo

desconhece a força verdadeira do ser

e por isso não consegue sair do lodo.

 

O mau vence por que não tem o que perder

não tem consciência, nem se preocupa com o depois

sua única ocupação é controlar a essência do ter

e ofuscar a energia pulsante dos nossos sois.

 

Mas nós podemos aprender muito com eles

pois que eles se unem ao redor do seu objetivo

diferente do que fez o nosso Aristóteles

que fez da busca o seu incentivo.

 

Unamo-nos ao redor da fogueira da brasilidade

e acendamos a nossa consciência mais profunda

espalhando a nossa eterna igualdade

atirando nosso amor aos irmãos como funda.

 

Enquanto pensamos que somos diferentes

que merecemos mais ou menos algo no mundo

deixamos de ser em Deus coerentes

e de participar de Seu movimento mais profundo.

 

Ergamos nossos mãos para os céus

e olhemos para o próximo com amor

pois somos todos do universo semideus

vivendo neste mundo pela dor.

 

Cada um que cai na pobreza

é mais munição para os bandidos

se tivermos isso em nossa certeza

saberemos nos tornar todos benditos.

 

Vamos nos dar as mãos

usar a internt com inteligência

sair de nossa pobre solidão

e usar o conhecimento da ciência.

 

Sim, o que somos uns sem os outros

dependemos da paciência e ajuda de todos

não podemos pela morte ser vencidos

pois somos em alma e espírito eternos.

 

Abramos mão de nossa pequenes

em nome de algo assaz mais verdadeiro

não deixemos que a morte da Inês

nos faça nos sentirmos menos brasileiros.

 

 

85-  QUERO PAZ

Antonio Cícero da Silva

 

Quero sair as ruas

E respirar a paz

Como era no passado

Desde meus ancestrais.

 

A tranqüilidade faz bem

Para todas as pessoas

O bem estar nos convém

E vivemos tranqüilizados.

 

Quero paz e segurança

Para bem melhor viver

Com boa confiança

Sem precisar me esconder.

 

Preciso de mais consideração

E preservação à vida

Sou centro de atenção

De ocorrências descabidas.

 

Preciso viver livre

Sem medo de existir

Meu jardim flores exibe

Falando de lindo porvir.

 

Quero e preciso de paz

Para isso luto a sorrir

Atingir meus ideais

E contente me exibir.

 

 

86 - GUERRA EARTH
 ZecAdi = josé de avelar

Está sendo assim:

 

Em um mundo de almaviventes

se formaram dimensões

de tríades humanizadas

umas amadas, outras armadas

 

Em um dos lados, a Milicia,

com seu poder de policia

lhe outorgado legalmente

pelos que dizem fazer a justiça

 

Noutro lado confrontante

um outro poder dominante

formado pela bandidagem

dentre eles os traficantes

 

No terceiro lado, o povão,

assustado e sem acção,

sem poder ir a nenhuma parte

devido a esta guerra earth

 

Presidente e Governador,

Prefeito e Senador

e toda a politicagem

muito falam... pouco agem

 

E o Chefe da bandidagem

que é o Presidente de fato

faz o povão de refém:

ninguém vai pra casa - ou vem!

 

E mortos vão se somando...

e a situação fica tensa...

e disso busca fazer noticia

a facciosa imprensa...

 

Que qual o Poder Dominante do EU

que se dizendo os donos do céu

e acima de qualquer lei

com sua sigla de "USA"...

 

Sesquecem todos que falam,

em nome da paz e do amor

que para que haja a corrupção,

tem que haver um corruptor

 

Enquanto isso o povão

lentamente vai sucumbindo

desempregado ou pela paga

que chamam de salariominimo

 

Mas... não morrem suas esperanças

e a crença e fé na Divina Tríade

que diante da situação

mande para este mundinho em guerra

e para a nossa salvação

de Anjos uma Legião...

 

E que o futuro conte a estória

nos mils mundos e em toda a parte

de que foi triunfante o amor

nesta nossa "guerra earth" !

 

 

 

87 -   CADA UM É COMO É ...

              Nídia Vargas Potsch
 
       Expressar os sentimentos
          diante da realidade vivida
          e ter a ousadia de
          reinvindicar, denunciar injustiças,
          resistir a questionamentos,
          conscientizar-se e engajar-se
          tomando partido, em conflitos
          ou situações pessoais e coletivas,
          nada mais é, em síntese, do que
          a maneira apropriada de
          demonstrar o pensamento e
          a firmeza de caráter.
          Cada um é como é ... e você ...

 

 

88- DEVOLVAM O MENSALÃO

Fernanda Queiroz

 

Não é um sussurro ou murmúrio

É o mais sonoro dos gritos

De um povo trabalhador e restrito

Que só vive para trabalhar

E muito imposto há pagar.

 

Se só queriam o dinheiro

Para na cueca carregar

Deveriam cobrar menos impostos

Para na alfândega passar

E não encher de vergonha

Este povo que sabe amar.

 

Devolvam o mensalão

Neste País imenso

Há muitos necessitados

Que para conseguir o sustento

Tem que trabalhar dobrado

E ter em tua folha descrita

INSS e outros cobrados

 

Devolvam o mensalão

Diante da mídia televisiva

Para fazer valer dentro peito

E resgatar o respeito

De um grito bradado no ar

Em tempos distantes de outrora

"Independência ou morte"

Faz parte de nossa história.

 

Devolvam o mensalão

Ele pode fazer dobrado

Por um País desacreditado

Onde crianças transitam

Em ruas sem ladrilhar

Sem segurança que habitam

Para que possam brincar

 

Mas se tiverem resolvidos

A deixar isto esquecido

Pegue a pena ou a caneta

Não importa na questão

Faça valer por direito

O Voto de cidadão

Protocole no plenário

A carta de exoneração

 

Para o bem da nação

Para que faça justiça

Para romper a podridão

Para não acabar em pizza

Devolvam o mensalão!!!!!!

 

89- A TRISTEZA DE UM POETA

Pedro Valdoy

 

Pelos palácios

passeiam os senhores

da ganância

com pompa e circunstância

julgam-se importantes

muito importantes

 

Pelas ruelas

arrastam-se os famintos

os garotos de rua

como trapos

que deslizam com choros

de desespero

 

Pelo chão atapetado

passeiam os senhores

da guerra

com a ganância da morte

 

Pela lama

arrastam-se os que querem paz

tranquilidade

o choro dos desesperados

chega aos céus

 

Mas um dia

sim um dia

ouviremos os cânticos

de uma paz para a eternidade

nas mãos de Deus.

 

Lisboa 2006

 

 

90- AGUENTA BRASIL!

Grazi Henriques Ventura


É o Brasil na ponta da lança.
Seu povo sofrido é que dança,
E ficamos sem esperança.
E vem a Copa, que festança.
 
Tudo passa, é esquecido.
O povo segue sofrido.
Esperando explicação,
Para depois da eleição.
 
Votou de novo iludido
Só mudou de partido.
E tudo seguindo em frente,
Com algum corrupto diferente.
 
Logo depois é Natal,
Emendado é o carnaval,
E vai seguindo nosso país.
Fome, miséria, doença - Feliz???


 

Participantes Pagina 01- Clique

Participantes Pagina 02 - Clique

Participantes Pagina 03 - Clique

Participantes Pagina 04 - Clique

Participantes Pagina 05 - Clique

Participantes Pagina 06 - Clique

Participantes Pagina 07 - Clique

Participantes Pagina 08 - Clique

Participantes Pagina 09 - Clique

Participantes Pagina 10 - Clique

Participantes Pagina 11 - Clique

Participantes Pagina 12 - Clique

Participantes Pagina 13 - Clique

Participantes Pagina 14 - Clique

Voltar