21-SOLIDÃO
Sandra M. Julio
 
Desabrocha em primaveras caladas,
Perfumando as janelas da noite...
Fazendo de cada sonho, um açoite
No perspirar das alvoradas...
 
Minh’alma fita aflita o pensamento,
Num derradeiro grito ao infinito.
Plácido contempla o tempo...
A sozinhez deste meu grito.
 
Assim desfaço palavras em diversos versos,
Brincando o firmamento de cada pensamento
Na espera das horas ardentias e fugidias.
 
Sigo então, por diversos universos,
Bebendo a solidão dos ventos que perambulam lentos
Por noites vazias e frias
 
Sandra
13/07/06
 
******
 
22-SOLIDÃO
 
A solidão, é a companheira
do silencio, sua melodia
se faz presente nos versos
do tempo,
sua sabedoria
fala com o mistério
do coração
que pulsa
para receber
da vida a benção
do silencio...
 
A solidão de um poeta
é a obra de arte de sua
alma, em seus poema.
ele conversa com
o silencio,
e entende os sinais
que viajam
pelo espaço a procura
de uma pagina para
repousar em
um verso...
 
No carinho do silencio
encontro à solidão
de minha emoção,
onde me solto
no universo de meus
pensamentos...
 
Procuro na solidão
o que não encontro
em companhia
dos habitantes
deste planeta,
mas também encontro
a solidão de outros
corações, que fazem
deste momento,
a sua obra em homenagem
a criação divina da sabedoria
da solidão....
 
Rogério Miranda poeta da paz
 
******
23-Sempre a Sua Espera
(Sávio Assad)

Hoje estou triste, aqui longe do meu amor, vivo um completo abandono.
Sinto meus dias se esvaírem em sombras, sinto o vazio a me consumir e vc onde esta?
Olho para os lados e vejo os teus cabelos castanhos ao vento, sinto esse mesmo vento a me embalar.
Estou aqui, sempre a tua espera, no fim do caminho sem fim.

Niterói - RJ - 12/06/05
 
******
 
24-SÓ_LI_DÃO
 
É só isso, que me dão...
Mas não quero que me dêem!!!
Não quero você...solidão!!!
Aprendi a te conhecer!
E tudo o que quer parecer!!!
 
Agora deixo acontecer...
E nunca mais vou sofrer de solidão!!!
A me deram sem eu querer...
 
Vou ser e acontecer;
e não mais me importar
com o quê, para você possa parecer!!!
 
Adeus!!! Solidão!!!
Nem em pensamento,
de ti falarão!!!
És só... e nunca te acompanharão!!!
E você...solidão!!!
Jamais terá razão!!!
 
Vera Lucia
Petrópolis
13/07/06
 
******

25-Na Pingueira
 
Da calha à gota arteira
Da garoa fina ao canteiro faz festa
Do vazamento da bica à solidão do pingo d´agua
No chuveiro o conforto do corpo
 
Da vida de sereno que deixei lá fora
Da vasilha pobre das ruas
Da bacia rasa e cansada que quase transborda
Da vida triste e esquecida que
ainda acredita nas pingueria dos olhos
 
Da moça que chora sua perda
Da agonia de um amor que quase derrama
Do jeito dos pingos salgados
Do suor alastrado depois da cama
 
Da esperança chorosa e contida.
Do brilho da lágrima que pega,
nas mandingas dos namorados
 
Do pranto solitário dos eternos apaixonados...
 
Marcos Milhazes***
 
******

26-Dias de agonia
Edna Liany Carreon
 
Nestes dias, em que temos
certeza que morremos para o mundo...
Em que a dor e a saudade fazem morada
em nossos corações,
quando nos sentimos frágeis sem emoções...
Nestes dias meu único pensamento é você...
A distância nos separa, mas...
Lembro-me que ainda estou viva
e a esperança de que à distância entre nós
diminua, isso me faz renascer
e pensar em continuar a viver...
Sim viver, ter em você a esperança,
de novamente sentir na vida a alegria
e deixar pra sempre estes dias de agonia...
 
Edna Liany Carreon
 
******

27-SOLIDÃO
 
solidão, destrutiva,
solidão que cheias espaços vazios
não gosto de você quando fere, vem a mim
vem a lutar...quero te dejar sem forças.
 
sinto ferida em todo meu sentimento
quando penetras em mim,
sempre perto de mim....não gosto de ti
 
solidão..tristeza, dor de alma
enfermidade sem fim
te acercas a mim...muito tempo em mim...sinto medo até você
às vezes...choro...de solidão...
 
só quero você para pensar
para compreender, para encontrar a meu DEUS,
MAIS, não te chamei agora....
podes sair, daqui, de meu coração...????
 
maria,
 
******
 
28-Solidão... Segue seu Rumo...
Elizabeth Assad - 13/06/06
 
Quero distancia de mim mesma,
sinto um vazio profundo,
percebo o mundo e estou tão só.
Solidão que toma conta de mim,
a ausência de meu amor,
faz em meio a multidão,
sentir-me só.
 
Tudo e tão distante,
como se nada, nem ninguém,
pudesse alcançar,
minha visão e vazia.
Olho e não vejo,
procuro e não encontro,
onde esta você que alegra meu coração
e minha vida.
 
Você que coloriu meus dias,
acalentou meus prantos e
perfumou meus caminhos, sinto-me
forte quando em seus
braços estou, não existe lugar para
essa tormenta,
não a quero como companheira.
 
Solidão, não terá morada em meu
coração para ti, sai,
segue seu rumo e eu vou
ao encontro da felicidade,
nos braços de meu amado amor.
 
Niterói - RJ
 
******
 
29-O SOL DA SOLIDÃO
*Marlene Constantino* ASOL*
 

É a solidão que me leva nele buscar
o sentido de estar sozinha comigo,
buscando à noite, ele o meu abrigo
como se o sol fosse na treva o brilhar
 
da minha escuridão, luz da solidão.
Ingratidão da lua que veio iluminar
o dia em esperanças sem despertar.
Olha pra mim, acalma o meu coração
 
sol da solidão, que brilha no versar
de uma cantiga calada, tanto sofrido
é ele em entrelace nesse meu pensar.
 
Essa solidão é sol poente do coração
é ele no despertar dos meus sentidos
o sol nascente de todas as reflexões
.
 
SP.13/07/2006
 
******

30-Só
Marise Ribeiro
 
Estou só... de ti... de mim...
Nem eu mesma me suporto assim,
escutando meu pranto
a ecoar no vazio
e olhando este meu corpo abandonado
feito terreno baldio.
 
Falta o desejo explodindo,
depois a bonança surgindo...
Falta o teu peito a me dar segurança,
nossa satisfação entrelaçada em lassidão,
esperando o reacender da paixão.
 
Há o silêncio do teu sussurro
excitando-me ao ouvido.
Tua mão saliente e curiosa,
avivando meus sentidos,
está ausente.
 
Falta o homem, o amante, o amigo,
não há mais teu sorriso comigo,
não há mais nossos passeios noturnos,
nossos jantares à luz de velas,
só há solidão em nosso abrigo.
 
Não há mais nada aqui...
Não há mais nada em mim...
Só a saudade de ti.
 
******
 
 

 

 

 

 

Voltar