HOMENAGEM
 
Um amigo virtual,
Que nunca se viu no real,
Pode ser bem conhecido...
Isso se muito já se tiver conversado
E até mesmo debatido...
Mas quando só se falou,
Vez por outra, só um pouco
E agora é ele o homenageado...
Dentro de um saco de gatos
Meu ser se sente metido...
Mas vamos aos fatos.
 
Paulo Nunes Júnior aniversaria...
Lembro-me de sua alegria
Quando pouco conversamos
Por intermédio de Carmencita.
Pareceu-me um guapo rapaz...
Começou muito falaz...
Acho que nem nos apresentamos...
Penso que não achou
minha poesia bonita...
Foi... sumiu... calou...
Mas agora, aniversaria...
Quero lhe fazer bons votos
Através da minha poesia...
Gostaria de ter visto suas fotos...
Deve ser travesso o seu jeito...
Será que errei no meu conceito?
 
Paulo, não liga pra brincadeira...
Essa é minha maneira
De te dizer: Parabéns, felicidade...
- Não precisa me falar a idade!... -
Muitos anos de vida...
E que esta minha poesia seja toda lida
Por ti, com tranqüilidade,
Para que saibas, ao final,
Que ela é bastante igual,
Apesar das diferenças,
A todas as outras presenças.
 
Nessa tua festa florida...
A lágrima que está contida
No canto do meu olhar
E que guarda a emoção
De acarinhar teu coração,
Quer dizer que amizade
É sentimento,
é forma de amar...
Que esse momento
tu possas guardar!...

* * * * *

Carvalho Branco

 









Publicado: 06.04.2006 
Última atualização:  28.10.2006