Meu nome completo: Maria Célia de Carvalho Jardim
Data de Nascimento: 08 - 02 - 1955
Natural Matutina - MG
Residência: Belo Horizonte - MG
Signo - Aquário
Profissão: Aposentada
Uma Paixão: A vida
Um Amor: A família
Uma Crença: Deus sempre
Hobby: Com toda paixão a poesia

Sou uma pessoa de hábitos simples, que procura viver a vida da maneira mais simples possível.
Nasci em berço humilde mas, pleno de amor e sempre fui uma pessoa feliz!
Tenho apenas o segundo grau, cursado no interior e nunca tive oportunidade de continuar os estudos...
Há apenas dois anos comecei a conviver com o mundo virtual, não sabia sequer ligar um PC e ainda tenho dificuldades em lidar com o mesmo, visto nunca fiz um curso básico de informática...
Sempre escrevi, desde os 16 anos, porém meus escritos depois de um tempo iam para a lixeira, não dava valor ao que escrevia, nem sabia porque deveria guardá-los...
Há aproximadamente quatro anos atrás, comecei a guardar o que escrevia, mesmo assim, selecionando pouca coisa e descartando o que julgava não valer a pena...
Ao começar a visitar sites, fui descobrindo que muitas outras pessoas também escreviam e fui descobrindo também um novo mundo, até então, desconhecido para mim e logo conheci algumas pessoas de gosto em comum e comecei a participar de cirandas na net e as coisas foram acontecendo...
Recebi convites para participar de Grupos e também de algumas Antologias, o que para mim é realmente mais que eu pudesse sonhar!
Hoje, minha vida tem um novo sentido e me dedico a ler e escrever e posso afirmar, que a poesia é fundamental em minha vida!

Não me considero poeta, escrevo seguindo a necessidade que tenho de transportar o que me vem.

Poesias de Célia Jardim:

- AMOR SEM COMPROMISSO 
- CAMINHANDO
- DEIXANDO MEUS RASTROS
- EM SEUS BRAÇOS
- QUE ASSIM SEJA

 

 

 
Quero um amor sem compromisso
feito de magia, feitiço
que me encante todo dia
com uma nova fantasia...
Quero um amor diferente
um amor ardente
amor que surpreende
sem palavras tudo entende...
Quero um amor de um dia
que não deixe minha vida vazia
amor que chega devagar
sem pressa de voltar...
Quero um amor sincero
que me queira como quero
amor sem compromisso
diferente dos demais
de um dia feito de muitos depois
onde exista sempre nós dois...
Quero um amor que não cobra
amor que tenha amor de sobra
amor sem outro compromisso
que seja por toda vida
simplesmente tudo isso... 
 
Célia Jardim

 

 
 
 
Olho pra frente sem medo
percorro sem pressa meu caminho
se devagar se vai ao longe
um dia alcanço meu ninho
 
Sei estou no rumo certo
confiante, sigo meus passos
ainda não posso parar
meu destino é seus braços
 
Nada me detém a frente
só preciso caminhar
sem tropeçar ou cair
breve irei te encontrar
 
Assim como o rio segue manso
desejando no oceano desaguar
percorro calmamente na certeza
que em seu leito irei repousar 
 
Célia Jardim
 
 

 

 
Sou poeta de alma e coração
não escrevo o que ditam
mas o que leva minha mão...
 
Se são, rabiscos somente
não importa toda gente
aprovar ou pensar diferente...
 
Em qualquer pedaço de papel
vou deixando os rastros meus
até um dia subir ao céu...
 
Quando chegar minha hora
a derradeira neste plano
numa poesia, feliz irei embora...
 
De amor encho minha bagagem
em qualquer rima que faço
para seguir em paz minha viagem...
 
Nasci poeta e não foi em vão
se, faltou rima e métrica
cumpri, ainda assim, minha missão... 
 
Célia Jardim
 
 

 

 
Que frio eu sinto
por que me maltrata assim
liberta-me que estou morrendo
deixa-me partir correndo
se em seus braços continuar
logo, logo, irá me matar...
Não mais suporto este frio
este imenso vazio
congelando meu coração
há tempos que só vivo
em seus braços
 solidão...
 
Célia Jardim
 
 

 

 
Quero quando a noite chegar
seu único desejo seja eu
e pela manhã ao despertar
seu primeiro pensamento seja meu...
Pois é assim que vivo
desejando e pensando em você noite e dia
por sua causa eu esqueci o mundo
só a seu lado encontro a alegria...
Quero estar a seu lado em todos os momentos
dividir com você meus sentimentos
ser a sua mulher, amiga, companheira
enfrentar com você toda e qualquer barreira...
Fazer das nossas vidas
duas almas sempre unidas
trilhando o mesmo caminho
somando amor, ternura e carinho...
Que nosso maior ideal
seja fazer nosso amor imortal
e que nenhuma força deste mundo
seja maior que nosso desejo de permanecermos juntos...
Que o respeito e a confiança
permaneçam em nós, e nos fortaleça a esperança
que para o resto de nossas vidas
todas barreiras serão vencidas...
E teremos um só desejo, um só pensamento
seja noite, ou seja, dia
que a vida toda e a cada momento
nosso mundo será somente de alegria
pois eu serei a sua e você a minha
eterna e doce companhia... 
 
       Célia Jardim

 

 

 

 

Voltar

 

 

Copyright © 2006, Mensageiros do Amor- Todos os direitos reservados.
Publicado: 06.04.2006  Última atualização:  21.06.2006

Webdesigner:  Sonia Orsiolli