Deito em nuvens...alcanço estrelas
fascinante encanto... tento retê-las
Seguem poemas... até o sol nascer
emociona...inebria... prazeroso viver

Entranhas d'alma...jorram sentimentos
desejo em pétalas...cores da ausência
Magistral sedução... define momentos
aroma de ternura... perfuma existência

Na essência da palavra é do amor lugar
nas asas da brisa quer destino desafiar
Sem medo de sofrer sempre amar
se sofrer... jamais deixar de amar

Na magnitude do instante... sabor vida
ao sentir-se feliz já não mais aprendiz
Tristeza sem regaste... enfim exaurida
por vivência de valor responde cicatriz

Mesmo só... ilusão sustenta
quem prazer ao sonhar tenta
Inesquecível tesouro...histórias
acervo sagrado... leva memória
Minh'alma em viajem apaixonada
vive emoções... com quase nada
Felicidade divulga em poesias
com sensibilidade a cada dia
Inspiração... tece magia
do coração voa nostalgia


* * * * *

Mônica Ferreira Camargo
27/08/06



 

 



 






Publicado: 06.04.2006 
Última atualização: 12.11.2006