Poeta inspirado grito do coração lavrado
som delicado sempre pela alma ventilado
Do amor é assim extensão revelada
vem por tua mão paixão declamada

Na verdade da letra vive intensa emoção
livre sensações fazem do prazer canção
Intenção primeira querer ao amor exaltar
no altar da esperança se há dor lá deixar

Como é bom poeta em teu dom navegar
desfazer distâncias entre o céu e o mar
Eco das palavras faz do silêncio melodia
gigante é teu poder veste e amor poesia

Tua ternura permite quem ama vibrar
universo da sensibilidade... alcançar
Tão fácil fica pleno amor declarar
no prazer do beijo... emocionar
ao som do desejo...nada ocultar

Glamour da saudade à parte
expõe com beleza...tua arte
No apelo amante... da presença
douras distância por recompensa
Ao amor concedes sobrevivência
se verdadeiro exalando essência

Tua empatia poeta corações aquieta
como ninguém... o sentir interpretas
Da hora de paixão sublime cada vez
inesquecíveis instantes...amor já fez

No percurso da vida... amor continua
sem importar versão em verdade nua
Seja do pôr-do-sol à encantadora lua
eterna em tuas letras.. emoção atua
e sem igual... verbo amar perpetuas


* * * * *

Mônica Ferreira Camargo
27/08/06



 

 



 






Publicado: 06.04.2006 
Última atualização: 12.11.2006