Atender ao coração perigo gostoso
sem ferir razão dá ao viver esplendor
Desenha na face sorriso venturoso
em pétalas de paixão gotas de amor

Brisa de sensações tão bom sentir
as idas e voltas da saudade soprou
Minh'alma de prazer aprendi revestir
aroma encantado do amor instalou

E se faço presente... futuro no agora
coração nas emoções de amar flutua
Sabor da magia... solidão vai embora
te amo... ao som do desejo perpetua

Corpos em ondas de sensualidade
cálice da paixão... tentador paladar
Intenso querer... atua em liberdade
êxtase... amantes vêem sobrevoar

Momento etéreo amar lado a lado
olhares presos ao desejo lançado
Sentimentos... nas mãos traduzidos
ecos do coração enfim reconhecidos

Sonho lindo viver o estar contigo
há muito no amor... fiz teu abrigo
Faz de mim tua casa morada em mim
em ousadias secretas serei tua assim
Nas verdades do coração já aconteceu
de corpo e alma paixão a razão venceu

Ouço a brisa em tom especial
sopra versos de amor... afinal
Noites... estrelas... céu... luar
um nome levam ondas do mar
Teu olhar... encontro direção
irresistível... jamais direi não
Se chamas... estendo a mão
beijo ardente... fogo da paixão


* * * * *

Mônica Ferreira Camargo
10/09/06



 

 



 






Publicado: 06.04.2006 
Última atualização: 12.11.2006