Ao sabor de amar... vida traz luz
grandioso amanhecer... encosta
Cada momento ainda mais seduz
refém do encanto coração gosta

Quero alguém em ondas de amor
na boca o beijo... silencie palavra
Ao som da poesia d'alma clamor
sensação de poder...ternura lavra

Do que sou...sem nada ocultar
aragem do tempo... vem moldar
Voz do desejo... promete ousar
faces da emoção prazer brindar

Amar profundamente pode machucar
mas assim é viver a vida em plenitude
É tocar horizonte jogar rosas ao mar
do vôo d'alma esplendor... magnitude

Saudade... adeus...do amor vivido magia
solidão...sonhos...na esperança sintonia
Chorar emoções...atenuar suave melodia
coração... dos encantos assume autoria

Levo uma vida...ao amor vinculada
em ritmo de ventura... apaixonada
Arrisco desilusões na valsa das ilusões
em miragem do amanhã busco canções

Perto das lendas... romance atrai
crença no amor lindo... sobressai
Brilha nova estrela do tempo alento
de algum lugar traz paixão o vento

Futuro incerto... poeta no mesmo teto
por ondas de desejos coração inquieto
Quer paladar... sabor de beijo amante
poder sedutor... sem juízo... excitante

Vida páginas em branco desfaz assim
vivência apaixonada sentimentos afins
Resgato... avesso de mim
elixir do sorriso... sem fim
Força do amor na luz do olhar
ilumino cumplicidade assim
Felicidade a dois... vou buscar
beleza nua sensibilidade atua
Vive na madrugada noite de lua
ecoa inesquecível... sempre tua


* * * * *

Mônica Ferreira Camargo
16/09/06



 

 



 






Publicado: 06.04.2006 
Última atualização: 12.11.2006