Se alguém achar um coração por aí,
machucado, saltitando em soluços e
rolando abismo abaixo, não sintam
pena não! deixe-o sofrer...merece!
Cheio de amor, em nada ponderou,
ficou cego, a deriva, um irresponsável.
Agora coração! apanha da vida...
Egoísta!
Insensível!
Dominador!
Sonhador!
Vestiu-se de sol, achou que era rei e
amou loucamente...perdidamente.
Esqueceu de pensar, nada indagou e foi...
Tropeçou onde todos tropeçam, na dor alheia...
Pior obstáculo, coração nenhum resisti e acaba
assim feito você...
Magoado...
Ferido...
Partido...
Sensível...
Culpado...
Culpa tua sim! tamanha a insensatez...
Se alguém achar um coração assim, ignore...
Deixe que se arranhe, quem sabe assim,
aprende, amadurece e não faz
ninguém mais sofrer...


* * * * *

Naidaterra
março/2006



 

 



 






Publicado: 06.04.2006 
Última atualização: 13.11.2006