Te provei em taça transbordante,
não saciada respirei tua alma e
um cheiro inebriante exalou... Misterioso perfume
envolvente... muitas emoções que
resultaram em deliciosas sensações de um prazer contínuo...


* * * * *

Naidaterra
Fev/2006
Sampa



 

 



 






Publicado: 06.04.2006 
Última atualização: 13.11.2006