Mesmo antes de tudo acontecer,
nossos olhos já sentiam saudades
e nossos corpos pressentiam uma certa ausência...
Indecifrável esse sentir, mas tão real
quanto a premência de estarmos juntos
e fazer calar nossos desejos...
Um dia, o inverno se esconde
e o Sol se abre nos aquecendo,
ternura e loucura se misturam
e nossas bocas pareciam profetizar nossos momentos,
tão longos quanto sentidos...
Sentir você despertou meu corpo adormecido,
uma estrela escondida em busca de seu brilho...
Ouvir tua voz ofegante sussurrando teus desejos,
levou-me a delírios,
senti-me de repente uma flor em eclosão,
ares risonhos, paixão, satisfação...
Sentir você me penetrando, caminhando dentro de mim
nas dores de um intenso prazer
me fez reviver a mulher que sou...
Sentir a tua nudez na minha saciou minha sede
e no fervor da tua boca, meu corpo a você entreguei...
Sentir você é bom demais...
Antes, durante e depois...


* * * * *

Naidaterra



 

 



 






Publicado: 06.04.2006 
Última atualização: 13.11.2006