Sou Rivkah Cohen,
fiz Ciências Sociais, mas vi que existe muita coisa
nesse mundo que precisava ser estudada e profundamente analisada.
Foi quando me enveredei pela Kabalah,
pelo Bawashakrah, o Arquiômetro
e quanto mais estudo,
mais me certifico que nada sei.
Quando estou em Israel
quero aqui estar
e aqui estando, tenho saudades de lá..
Assim dividida,
vejo o mundo
e de Brasília, escrevo.
 
Poesias de Rivkah Cohen:
 

- Voa Palavra e Vai...

- Pedido

- O que não é dito

Fluxo e Refluxo

- O acertar!!!

 

 

RivkahCohen

 

 

Vai palavra, vai!

Junta-te às outras

Coloca força em todas as vogais.

Entra em sintonia com a alegria

Lembra ao mundo que é importante a harmonia,

Faz recordar a palavra "Paz".

 

Deixa gravado no firmamento

que não só é importante o sentimento,

mas também os valores morais.

Leva carinho ao descrente

Dá incentivo ao doente,

àquele que já não quer lutar mais.

 

Não procura pela idade,

entra nos corações com vontade,

Faze deles o teu lar.

Dá calor aos que estão frios,

aos abatidos e aos sadios

para que possas vingar.

 

Vai palavra, vai!

Quero ver no teu retorno

 quantos tiraste do desgosto

e quantos voltaram a acreditar.

 

Vai...

 

que fico aqui a te esperar!

 

 

RivkahCohen

 

São meninos

 São crianças

que gostariam da vida, o seu viver

Namorar...

Sorrir...

Dançar

Mas as circunstâncias

lhes deram um chão para defender!

 

Sonham com um dia

em que possam passear

Subir os montes, mas por folia

para simplesmente acampar

 

Ver de lá de cima

 um mundo que seja bom para habitar

Não têm desejos suicidas

Não querem guerrear

Não desejam chorar

 

Quem olha de longe

e não conhece nosso ideal

exatamente por estar distante

pode achar

 que Oriente Médio é tudo igual

Não... Não!

Esses meninos

são heróis,

são gigantes!

Por favor,

não lhes julguem mal!

 

rivkahcohen

 

 

Não é dito

desse sofrimento calado

que não dá para falar

que dói ao recordar

que continua

para sempre um fardo!

 

Essa sinfonia

que não tem mais fim!

Podem

colocar tudo na mesma balança. 

Mas quem tira essas lembranças

de dentro de mim?!

  

Leva-se

nos olhos a morte!

 

Quem sai vivo

será

que teve melhor sorte?

Então me diga:

Como

silenciar o estampido

que continuo a ouvir?

 

 

rivkahcohen

 

 

Por mais que as bocas se abram

 Por mais que levantem bandeiras,

 ninguém me fará marcar fileira

 se com meus olhos não enxergar

 que existe lá no fundo,

 o despertar.

 

 Não temo o mal

 Assim como veio, vai.

 Pronta sempre estive,

 armada estou,

 mas pedindo que ninguém me atire,

 já chega de dor!

  

Por enquanto vou seguindo...

 

Nesse fluxo e refluxo

 as emoções vão fluindo

 e que preveleça o amor.

  

Desafiado

 

Desacreditado

 

Seja como for

 

Com ele como escudo,

 

EU VOU!

 

RivkahCohen

 

 

Como é difícil o acertar!

Tem momentos

que um de nós dispara

e nossa outra parte

tem que ir buscar...

 

Se a razão está acertando,

o coração faz tudo para atrapalhar!

É um duelo constante

que é difícil apaziguar.

Sei bem o que estou falando!

 

Se um corre para a felicidade

o outro tenta segurar...

Se um quer ver a verdade

o outro faz questão de ignorar!

 

Vá se entender!

Eu mesma

 já nem espero compreender!

 

Não bastando, ainda tem os

 que fazem questão

 de dizer que você está errando!

Haja coração!

 

Assim é a  vida...

E nos é quase impossível empatar!!!

 

 

Voltar

 

 

Copyright © 2006, Mensageiros do Amor- Todos os direitos reservados.
Publicado: 06.04.2006  Última atualização:  08.06.2006

Webdesigner:  Sonia Orsiolli